Vender autopeças por telefone ainda funciona. Saiba como colocar em prática!

9 de fevereiro de 2022 6 minutos Atendimento

Vender autopeças por telefone já foi uma técnica poderosa para o faturamento de muitas empresas — até pouco tempo atrás, o telefone ainda era uma ferramenta de conversão predominante. Contudo, o avanço tecnológico fez com que a televenda fosse deixada de lado em diversos setores da economia. Especialmente se considerarmos que instrumentos como o e-mail, o WhatsApp e as redes sociais são capazes de oferecer um alcance muito superior de pessoas de maneira instantânea.

Mas é preciso ter em mente que essa mudança de comunicação não significa, de maneira nenhuma, a extinção da venda de autopeças por telefone! Fato é que muitas retíficas e oficinas mais tradicionais ainda preferem fazer negócios por telefone, e é por isso que neste artigo a gente vai explicar melhor como esses métodos de baixo custo podem ajudar a ampliar as vendas e otimizar a produtividade de suas equipes.

Afinal, vender autopeças por telefone ainda funciona?

Verdade seja dita, uma loja de autopeças que deseja atrair e conquistar a confiança do público especializado precisa estar presente em basicamente todas as plataformas possíveis. É claro que posicionar a marca em canais de atendimento virtual, como redes sociais e aplicativos de troca de mensagens, é fundamental.

Mas não podemos esquecer da existência de um grande público que ainda prefere os modelos mais clássicos de atendimento e não abre mão de escutar a voz do vendedor do outro lado da linha. Geralmente, esses são os consumidores que valorizam muito a atenção recebida da sua empresa e, uma vez conquistados, dificilmente vão trocar sua loja por algum concorrente.

Pensando nisso, preparamos este post com algumas técnicas para quem quer vender autopeças por telefone. Você vai ver que atender os seus clientes da melhor maneira possível e aumentar a sua performance de vendas não é tão difícil. Vem com a gente!

Confira 4 boas dicas para vender autopeças por telefone

Vamos imaginar que a sua loja de autopeças quer dar um gás na estratégia de vendas pelo telefone e, por isso, vai disponibilizar um canal exclusivo de atendimento para retíficas e oficinas mecânicas. Nesse contexto, vale adotar algumas boas práticas que podem ajudar, por exemplo:

1 – Foque no atendimento humanizado

A maioria dos clientes que entra em contato com você por telefone provavelmente possui outras formas de se comunicar. Tenha em mente que, para ele, utilizar o telefone é uma escolha, seja por uma questão de comodidade, seja por conta da segurança de escutar outro profissional na linha.

Levando isso em consideração, o ideal é que você evite mensagens automáticas ou bots de atendimento e invista em um relacionamento customizado. Quem sabe você treine um de seus vendedores para essa finalidade, garantindo que o cliente tenha sempre um “ouvido” cuidadoso e atencioso quando te ligar?

2 – Saiba quem está ligando para você

Já falamos disso no blog, mas vale lembrar que cada comprador possui um perfil específico, um motivo particular para a compra de uma peça. Assim, entender o perfil da pessoa que você está atendendo é importante.

Não há nada mais injusto do que tratar igualmente os desiguais e, por isso, na hora de vender autopeças por telefone, é interessante manter um banco de dados desses clientes que preferem a televenda. Assim, você também pode saber quando tomar a iniciativa e entrar em contato no caso de promoções ou queimas de estoque de algum produto que ele habitualmente compra!

3 – Aposte em um atendimento consultivo

Para você que está acostumado a vender autopeças por telefone, pela internet ou mesmo no balcão da loja física, todo o processo de escolher uma peça pode ser muito simples e intuitivo. Mas, especialmente neste ramo, existem muitos clientes com dúvidas sobre o item que desejam comprar.

Por isso, é fundamental que o vendedor ofereça um atendimento consultivo, apresentando as particularidades e os diferenciais do produto. Ainda mais nas vendas por telefone, quando o comprador não está vendo o item pessoalmente.

4 – Não tente migrar o atendimento para outros canais

Pode até ser difícil combater o impulso, mas é importante que os responsáveis pelo atendimento não tentem levar esses clientes para os canais digitais ou forçá-los a ir até a loja apenas por entenderem que o contato por telefone é pouco prático.

Respeite a decisão desse cliente e se encarregue de oferecer o melhor relacionamento possível, sempre! Talvez ele nunca mude esse hábito, mas, uma vez satisfeito e bem atendido, são grandes as chances de que ele recomende sua empresa e faça propaganda do seu atendimento cuidadoso!

E então, gostou das dicas? Agora é só colocar a mão na massa e praticar essas ações o quanto antes para melhorar os resultados da loja e ainda fornecer uma experiência de compras incrível! Ah, e não esqueça de sempre vender o melhor em autopeças, né? Para isso, conte com o portfólio da RIO e trabalhe com a certeza de um cliente satisfeito!

Deixe um comentário

Você faz
a RIO

Sabia que vários de nossos produtos foram desenvolvidos especificamente em função de seus comentários?

Você, EXPERT, está na linha de frente e sabe do que está falando. Por isso, queremos ouvi-lo e criar novas soluções para facilitar o seu dia-a-dia.

Explore o site e fale conosco. Aqui você importa.
Use este formulário ou, se preferir, conecte-se aos nossos canais: