Lista: os 8 carros mais econômicos do Brasil em 2022

4 de julho de 2022 Blog Entretenimento

Clique no áudio para ouvir

 

O preço do combustível para carro não para de subir. O último reajuste aconteceu no dia 17/06, com aumento de 5,18% da gasolina e 14,26% do diesel. O que nós não conseguimos deixar de nos perguntar é: “até onde será que vai chegar esse valor?”.

Então, uma de nossas saídas é buscar o máximo de economia, abastecendo o carro menos vezes possível durante esse período de alta dos preços. E uma das formas de economia é buscar carros que “bebem menos”, como diz o ditado popular. E hoje, a RIO mostra para você algumas opções.

TOP 8 CARROS MAIS ECONÔMICOS EM 2022

Antes de começarmos a falar da lista, é importante lembrar que a nova fase do Programa de Controle da Poluição do Ar por Veículos Automotores (Proconve) entrou em vigor no dia 1º de janeiro, tirando vários motores de linha por não se adequarem às regras.

Outros propulsores tiveram que ser recalibrados para atender às normas. E isso mexeu bastante na lista dos carros mais econômicos do Brasil, a ponto de termos um novo líder.

O Inmetro divulgou a tabela do Programa Brasileiro de Etiquetagem (PBE) para 2022 um pouco mais cedo e já podemos ver algumas mudanças.

ENTENDA O CRITÉRIO DO INMETRO

O critério é baseado no consumo energético medido em megajoules por quilômetro (MJ/km). Isto evita confusões, pois um carro pode ser mais econômico na estrada, mas menos na cidade, além da diferença causada por usar etanol ou gasolina. O MJ/km acaba funcionando como uma média que considera os dois combustíveis.

Vamos aos carros:

1º Renault Kwid – 1,36 MJ/km

Há muito tempo não víamos um subcompacto no lugar mais alto do pódio. O Kwid alcançou o topo após a mudança durante a reestilização, que recebeu novo sensor de fase, uma nova central eletrônica, além de adotar um start-stop e um alternador pilotado que faz a recarga da bateria nas frenagens.

É o suficiente para fazer até 15,7 km/litro nas medições do Inmetro em todas as versões.

2º Peugeot 2008 1.0 – 1,37 MJ/km

Contando com o mesmo motor 1.0 Firefly do Fiat Argo, o Peugeot 208 virou uma boa alternativa não só por seu preço e pacote de equipamentos, mas também pelo rendimento, superando o hatch da Fiat no ranking.

Ainda desbancou o “favorito” da posição Chevrolet Onix.

3º – Hyundai HB20S 1.0 Turbo – 1,37 MJ/km

Esse já aparecia em uma boa posição no ranking, porém agora sobe no pódio por conta das mudanças feitas no motor para atender o Proconve L7. Com o 1.0 turbo e transmissão manual de 6 marchas, o sedã compacto consegue fazer até 16,9 km/litro.

4º – Chevrolet Onix Plus 1.0 – 1,38 MJ/km

Mesmo com o motor recalibrado para atender o Proconve L7, o Chevrolet Onix Plus com o 1.0 aspirado acabou perdendo no rendimento energético, que era de 1,34 MJ/km antes das mudanças.

Foi o suficiente para, não só perder a liderança, como sair completamente do pódio. Ainda assim, tem o melhor rendimento na estrada com gasolina, chegando a 17,6 km/litro.

5º – Volkswagen Polo 170TSI – 1,42 MJ/km

A Volkswagen ainda não lançou o Polo 2023 reestilizado, com esta inédita versão 170TSI, mas ela já aparece no ranking, indicando que estará em breve nas lojas.

Será a configuração mais básica do hatch, com o 1.0 turbo de 105 cv e câmbio manual de 5 marchas, o mesmo conjunto que estava no Up!. A meta era ser o mais econômico do segmento e quase conseguiu, se não fosse pelo desempenho do 208 1.0 – mas, ao menos, é o melhor entre os 1.0 turbo.

6º – Chevrolet Onix 1.0 – 1,42 MJ/km

O caso do Onix hatch é o mesmo do sedã.

Era o terceiro carro mais econômico do Brasil antes do motor 1.0 aspirado ser recalibrado e tinha um consumo energético de 1,40 MJ/km. Apesar da queda, ainda figura entre os mais econômicos e não perdeu tanto assim em desempenho em comparação ao Onix Plus.

Só que agora ficou atrás do 208 1.0 e do Polo 1.0 turbo.

7º – Fiat Argo 1.0 – 1,43 MJ/km

Diferente dos carros da Chevrolet, a Fiat se deu bem com as mudanças do Proconve L7, deixando o 1.0 Firefly mais econômico.

Ainda que o Peugeot 208 tenha se saído melhor com esta motorização, o Argo ainda teve um bom resultado. Antes tinha um consumo energético de 1,47 MJ/km, agora é de 1,43 MJ/km.

8º – Chevrolet Onix Plus 1.0 Turbo – 1,44 MJ/km

A mesma situação do 1.0 aspirado carro da GM afetou o 1.0 turbo que está sob o capô do Chevrolet Onix Plus. Os testes do Inmetro mostram que o consumo aumentou um pouco, coisa de até 0,4 km/litro em algumas situações.

Só que isso já puxou a média de MJ/km para 1,44, colocando o sedã na última posição do ranking.

Conte com a RIO

Ah, e não esqueça que a RIO é referência mundial na produção de peças de reposição automotiva para as mais diversas aplicações. Temos um catálogo com mais de 5 mil itens, em 15 famílias de produto com diversas dimensões e sobremedidas especiais para garantir que o serviço no seu automóvel seja com os mais elevados padrões nacionais e internacionais de excelência!

Conte com a gente e crie movimento com a RIO!

Deixe um comentário

Você faz
a RIO

Sabia que vários de nossos produtos foram desenvolvidos especificamente em função de seus comentários?

Você, EXPERT, está na linha de frente e sabe do que está falando. Por isso, queremos ouvi-lo e criar novas soluções para facilitar o seu dia-a-dia.

Explore o site e fale conosco. Aqui você importa.
Use este formulário ou, se preferir, conecte-se aos nossos canais: