Fábrica de Protótipos: manufatura aditiva sem comprometer a linha de produção

3 de março de 2020 6 minutos de leitura Produtos originais Todas as Postagens

Produzir um protótipo é uma etapa indispensável para o sucesso de um produto. É a partir dele que a peça pode ser testada em campo, avaliada e ajustada, se necessário, até que esteja pronta em sua melhor versão para o envio ao mercado. E para que esse processo seja feito com o menor custo e a maior agilidade e eficiência, nada melhor do que uma fábrica de protótipos.

Fábrica de Protótipos RIO: caminho para novas oportunidades

Foi pensando em aumentar a produtividade e fomentar novas oportunidades para o mercado de OEM que a RIO investiu em uma Fábrica de Protótipos, iniciativa que permite produzir não apenas novos produtos, mas também peças de baixa demanda, fundidas e usinadas, de maneira ainda mais rápida e menos onerosa por meio da manufatura aditiva.

Até então, fabricar protótipos por meio dos processos convencionais de produção era um desafio por vários motivos. O primeiro é o tempo elevado para a fabricação das peças: o tempo médio de produção de um protótipo fundido e usinado pelos métodos tradicionais é de 60 dias, sendo 30 apenas para a confecção do modelo.

Outro obstáculo é o alto custo de produção, assim como a fabricação de peças de baixa demanda e de protótipos, já que as máquinas de moldar são equipadas para a confecção de lotes maiores para aumentar a sua produtividade, o que dificulta a produção de pequenos lotes. Além disso, a utilização da manufatura subtrativa gera muitos resíduos para descarte, aumentando os custos.

Com mais de 70 anos de experiência no setor metalúrgico e sempre de olho no futuro, a RIO conhece esses desafios como ninguém e investiu em inovação para resolvê-los. A Fábrica de Protótipos, que utiliza conceitos da manufatura aditiva, reduziu em 65% o tempo de confecção dos protótipos, principalmente quanto à etapa ferramental, cujo prazo foi reduzido em mais de 80%.

Além disso, a Fábrica de Protótipos também diminuiu em 38% o custo da produção se comparado aos processos convencionais. Durante testes com vários polímeros, o melhor resultado se deu com o PLA (poliácido láctico), que tem ótimo desempenho em relação à abrasão e ao acabamento. As impressões 3D ainda têm excelente repetibilidade e precisão dimensional na ordem de 10 microns. Tudo isso com máximo aproveitamento do material e redução do desperdício! Quer saber como? Nós explicamos!

O papel da impressão 3D no futuro da fundição

Vale lembrar que, nos modelos mais tradicionais de operação em fundições, o processo de desenvolvimento de uma nova peça envolve diversas etapas: o metal fundido é vazado em moldes especiais, produzidos com uma mistura de areia e resina, processo que acontece no negativo de uma caixa de madeira, o famoso ferramental de produção.

Essa estrutura, que funciona como uma espécie de forma, costuma ser construída manualmente, tudo em uma cuidadosa operação artesanal que consome cerca de 50% do tempo total de desenvolvimento de novos produtos. É nesse contexto que a manufatura aditiva surge como uma poderosa aliada da indústria, possibilitando a prototipagem de peças de baixa demanda com maior agilidade e menor custo em relação ao processo convencional, como mencionamos antes.

Com a impressão 3D, é possível substituir a etapa de construção manual da peça em madeira e resina por uma peça impressa em material polimérico com boa qualidade dimensional e acabamento superficial. Ou seja, essa peça polimérica será utilizada na fabricação do ferramental de fundição ao invés da peça em madeira e resina. Essa operação possibilita a redução do tempo e do custo da confecção e torna o desenvolvimento de um protótipo mais ágil, assertivo e flexível, uma vez que é possível fazer alterações de projeto e ajustes de forma rápida e eficiente, mesmo durante o seu desenvolvimento.

Com o suporte dessa tecnologia, é possível ter uma peça fundida em poucos dias, diminuindo o tempo de resposta para o cliente. Sem contar que, caso o projeto precise de alterações ou o projeto final exija mudanças, há a possibilidade de uma nova peça ser impressa rapidamente, antes mesmo do processo de metalurgia, o que contribui para evitar desperdícios de recursos e, claro, de tempo!

Inclusive, foi justamente por alcançar esses resultados que a RIO foi case da Wishbox Technologies, que, assim como a gente, entende que a impressão 3D chegou para somar forças e ajudar a indústria de fundição a conquistar objetivos ainda maiores! Nós compartilhamos todos os detalhes desse projeto com você aqui no blog — para conferir na íntegra, é só clicar aqui.

Crie movimento com a RIO!

Quem nos conhece sabe que temos a missão de mover o mundo e é por isso que oferecemos um catálogo completo de produtos com peças de reposição para o setor automotivo. Mas não para por aí: na RIO, você também conta com soluções originais que atendem utilitários, caminhões, máquinas agrícolas e ferroviárias no Brasil, nos Estados Unidos, na China e na Europa, processo que foi otimizado ainda mais com a aplicação da Fábrica de Protótipos na nossa rotina!

É dessa forma que a RIO oferece oportunidade para que seus clientes do mercado de OEM reduzam o time to market dos seus produtos, diminuam os custos e ganhem ainda mais agilidade e eficiência no lançamento de novas peças. Quer saber mais sobre como inovamos para contribuir com o seu negócio? Acesse o nosso site ou entre em contato com a nossa equipe. Nós estamos à disposição!

Deixe um comentário

Você faz
a RIO

Sabia que vários de nossos produtos foram desenvolvidos especificamente em função de seus comentários?

Você, EXPERT, está na linha de frente e sabe do que está falando. Por isso, queremos ouvi-lo e criar novas soluções para facilitar o seu dia-a-dia.

Explore o site e fale conosco. Aqui você importa.
Use este formulário ou, se preferir, conecte-se aos nossos canais:

      Baixar Catálogo RIO