[Vídeo] A importância da guia de válvula para o funcionamento do motor

8 de janeiro de 2019 8 minutos de leitura Blog Todas as Postagens

A guia de válvula é responsável em servir de alinhamento para o movimento axial das válvulas, que controlam a entrada e a saída de combustíveis na câmara de combustão. Um movimento de extrema frequência – em alguns motores pode ultrapassar 50 vezes por segundo em cada válvula.

Essa peça é, basicamente, um cilindro oco totalmente concêntrico e feito de ligas especiais de ferro ou bronze. Ela garante que as hastes não saiam de controle, mesmo durante os picos de aceleração do motor, mantendo sempre o alinhamento correto do conjunto que reúne a válvula, o assento e a guia. Além disso, também tem a função de dissipar o calor gerado pelo atrito com a haste de válvula, suportando inclusive os esforços do atrito lateral que o movimento das válvulas gera.

Lembrando que as guias de válvulas são produzidas em bronze e em ferro — e a Riosulense conta com uma das linhas mais completas do mercado! São cerca de mil itens com diversas sobremedidas para atender às necessidades de praticamente todos os motores com demanda na reposição do mercado. O ferro fundido usado na produção das guias é ligado com fósforo, resultando em um material com mais facilidade de deslizar (ou seja, menos atrito). Também produzimos ligas especiais com tratamento térmico para situações funcionais extremas.

Cuidado redobrado com o alargamento da guia de válvula

Como o próprio nome já diz, a guia de válvula vai “guiar” as hastes durante o funcionamento do motor. Mas existe um detalhe nessa peça que exige atenção redobrada: durante as trocas ou manutenções, é importante verificar sempre se a folga entre a guia e a válvula está sendo respeitada. Isso porque a válvula vai se movimentar por dentro da guia e o atrito entre as duas peças tem que ser o menor possível.

A folga entre a guia e a haste da válvula é um ajuste muito importante para a formação de uma película de óleo. Para isso, é necessário a passagem de alargador especial após a montagem da guia no cabeçote. Esse processo garante a calibragem do furo das guias e assegura um deslizamento mais suave das peças. Lembre-se que, quando as guias não passam pelo processo de alargamento, existem chances de as hastes expandirem e travarem no cabeçote quando o carro estiver em alta rotação e o motor esquentar, comprometendo todo o funcionamento dos componentes.

Bom, para explicar ainda melhor a função da guia de válvula, o Dr. Carro juntou forças com a Riosulense e foi até uma retífica parceira! Confira com a gente no vídeo:

Se você gostou da explicação sobre o funcionamento da guia de válvula, não esqueça que essa é apenas uma parte de uma série de dicas e análises produzidas pelo Dr. Carro em parceria com a Riosulense. E você pode conferir os outros materiais aqui no blog também, fique ligado!

Se este conteúdo foi útil para você, que tal compartilhá-lo com seus colegas? Aproveite ainda para se cadastrar no Clube Riosulense e ter acesso a treinamentos e conteúdos exclusivos para facilitar a sua rotina.

 

Deixe um comentário

Você faz
a RIO

Sabia que vários de nossos produtos foram desenvolvidos especificamente em função de seus comentários?

Você, EXPERT, está na linha de frente e sabe do que está falando. Por isso, queremos ouvi-lo e criar novas soluções para facilitar o seu dia-a-dia.

Explore o site e fale conosco. Aqui você importa.
Use este formulário ou, se preferir, conecte-se aos nossos canais: